Estamos passando por um momento bem difícil enquanto sociedade perante a pandemia de COVID-19. Nos vemos obrigados a permanecer em isolamento dentro das nossas casas sem poder sair para nada que não seja algo extremamente necessário para manter nossa sobrevivência. Dentro do cinema a questão do isolamento já foi tema de diversos filmes, principalmente dentro de gênero do horror. Vivarium não trata de um isolamento forçado dentro de uma casa, mas sim dentro de um conjunto residencial, o que com certeza fará com que muitas pessoas reflitam sobre os momentos em que estamos vivendo. 

Procurando uma casa para morar e construir sua vida Gemma (Imogem Poots) ao lado de Tom (Jesse Eisenberg) vão até uma corretora de imóveis e de lá vão com o corretor até um conjunto residencial. Após serem deixados no local por conta do sumiço repentino do corretor, eles se veem presos em um labirinto de casas idênticas e impossível de se escapar, depois disso recebem a notícia de que só serão libertados após criarem um bebê deixado no local. 

Misturando horror cósmico e horror psicológico Vivarium te mostra as etapas da insanidade provocada pelo isolamento forçado. Os dois personagens reagem de formas diferentes durante o filme todo, todos reagido e enfrentando as adversidades a sua própria maneira. Quando enfim chega o momento em que os dois acabam surtando você não só entende, como se pergunta como conseguiram aguentar tanto tempo. 

Todos os elementos que aparecem no filme causam estranhamento. A ideia de casa perfeita, a comida perfeita com gosto artificial, um bebê que em questão de dias se transforma e se desenvolve em uma criança de 10 anos de idade com manias que enlouquecem Gemma e Tom, o conjunto habitacional simetricamente perfeito. Tudo dentro do filme é tão perfeito que chega a ser estranho, conseguindo causar o sentimento de inquietação e curiosidade de quem assiste. 


O final da história é digno de um conto clássico de horror cósmico escrito por H.P Lovecraft. Pessimista e mostrando o quanto somos incapazes de enfrentar inimigos como esses. Vivarium nos presenteia com uma ótima história e é sem dúvida um ótimo filme de horror que merece ser visto e ter seus elementos discutidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *