Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro

Quando vi o trailer de Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro eu fiquei bem curioso pra ver o filme. Ainda mais depois de ter visto o nome do Guillermo Del Toro como um dos envolvidos no filme. Essa semana eu assisti o filme e vamos falar um pouco do que achei do dele. 

O filme conta a história de Stella (Zoe Margaret), Auggie (Gabriel Rush), Chucky (Austin Zajur) e Ramon (Michael Garza) um grupo de amigos durante o Halloween e na década de 1960. Esses jovens decidem ir a uma casa assombrada e tiram de lá um livro de histórias da antiga dona que morreu enforcada na casa, segundo as lendas esse era um livro que a dona da casa usava para ler para as crianças enquanto era mantida presa pelos seus familiares. Descobrem que esse não é um livro qualquer, mas um artefato bem perigoso.

Mesmo que eu esteja cansado de filmes do gênero “grupo de jovens em algum período do passado lutando contra algum mal” o filme me surpreendeu positivamente eu adorei a história e da sua narrativa e adorei os monstros. Esses dois pontos me fizeram gostar do filme. Os monstros todos bem esquisitos, mas não gratuitos, todos tem um motivo de estarem ali e de aparecerem para determinado personagem, o que os tornaram interessantes. 

Vale lembrar que o filme foi baseado em um livro do Alvin Schwartz com ilustrações de Brett Helquist e o filme te deixa com um gostinho de quero mais que talvez me faça ir atrás do livro depois. 

O filme utiliza alguns clichês para a resolução de algumas coisas, o que me incomodou um pouco, mas não a ponto de me fazer desgostar do filme. Prefiro que seja clichê e funcione do que tente algo novo e falhe, e o filme funciona bem, sua história funciona e se fecha bem. 

Pra mim valeu a pena ter visto o filme, você já viu? Já lei o livro? Conta pra mim se valeu a pena pra você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *