RUMOR: Disney pode comprar parte da FOX


Fusão dos estúdios é possível, segundo informações atuais

 

Uma especulação arrasadora surgiu hoje: A Disney pode estar negociando as partes de cinema e TV de um dos grandes estúdios de TV e cinema do mundo: da 21st Century FOX! 

Segundo uma notícia publicada hoje pelo canal CNBC, a mega empresa pode ser vendida para a companhia fundada por Walt Disney. Obviamente, com uma negociação deste tamanho, nenhum dos lados se manifestou.

 

Envolvidos

O tamanho e importância de uma fusão dessa seria assustadora na indústria do entretenimento. A FOX hoje possui parte do serviço de streaming Hulu e o estúdio de animação Blue Sky (que fez “Rio” e “Snoopy & Charlie Brown: Peanuts); Na TV, a compra impactaria a FX e a National Geographic. E como o momento do cinema foca os Quadrinhos, a compra poderia significar uma unificação dos universos da Marvel nos cinemas, já que a FOX possui os direitos de X-Men e  Quarteto Fantástico.

Muito mais que MCU

Apesar de muitos focarem nas possibilidades de um universo cinematográfico da Marvel (o chamado MCU), outras aquisições do cinema entrariam em franquias renomadas como Alien, Planeta dos Macacos, Kingsman e Avatar. O site Comming Soon, inclusive, lembrou que o universo do diretor James Cameron será tema de uma das atrações da Disney World em breve.  A aquisição definitiva da Hulu, por exemplo, representaria um novo momento para os serviços de streaming – e uma concorrência verdadeiramente forte para a Netflix.

 

O que está de fora

As redes de notícias Fox News e a esportista Fox Sports não entrariam na compra. As questões podem ser tanto por decisão de negócios, ou (talvez a mais forte possibilidade) evitar problemas com as leis antitruste dos Estados Unidos, que poderiam barrar uma fusão para evitar monopólios (só em 2016, Disney e Fox juntas formaram quase 40% do mercado daquele país. Outra questao levantada é como seria o manejo de obras adultas do estúdio, já que a Disney não costuma fazer filmes com classificação.

Posição

A CNBC diz que a negociação entre ambos JÁ ESTEVE em pauta há algum tempo, mas no momento atual estaria parada. Além de não se pronunciarem sobre o caso, é claro que as questões judiciais precisariam entrar em pauta.

Até agora, é tudo parte de um boato, um rumor. Mas estamos de olho.

 

Comente!