Fernanda Montenegro merecia o Oscar. E quem disse foi Glenn Close

Fernanda Montenegro merecia o Oscar. E quem disse foi Glenn Close
Reading Time: < 1 minute

Central do Brasil não é só aclamado com uma das preciosidades do cinema nacional. Ele também segue considerado um dos vários filmes injustiçados pelo Oscar, principalmente pela atuação de Fernanda Montenegro.

Esse é um tema que sempre volta, mas que soa como coisa nacional, certo? Bem, não é não. E quem falou foi Glenn Close, indicada sete vezes ao prêmio.

Em entrevista para promover seu novo filme, a atriz respondia ao apresentador Peter Travers, que a questionou se fazia filmes pensando no Oscar. Foi aí que Close comentou sobre o Oscar de 1999. “Honestamente, eu nunca entendi como é possível comparar atuações. Eu lembro aquele ano em que Gwyneth Paltrow ganhou daquela atriz incrível de ‘Central do Brasil.’ Eu pensei o quê? Isso não faz sentido”.

Mais filmes injustiçados no Oscar? No podcast CeS.

Close está promovendo o filme Era uma vez um sonho (Hillbilly Elegy), que estreou na Netflix. Nele, uma estudante de direito volta à sua cidade natal e acaba por refletir tanto na história da sua família quanto em seu próprio futuro. A direção é de Ron Howard e ainda conta com Amy Adams (“Homem de Aço”).

Rickk Barbosa

Rickk Barbosa

Criou o site, mas agora só se diverte com ele. Além de redator do cinetop, é podcaster do Cinema em Série.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *