Biografia de Tupac tem um novo diretor em vista, mas ainda tem problemas

Biografia de Tupac tem um novo diretor em vista, mas ainda tem problemas

Escolha de produtor de artistas americanos pode ser avanço no longa, mas elaboração ainda tem problemas sérios

 

A biografia do rapper Tupac Shakur (1971 – 1996) está há algum tempo em vias de produção. A mãe do artista, Afeni Shakur, agora é a dona dos direitos de áudio do filho, e foi apontada como produtora do longa, que deve passear sobre a trajetória, carreira e morte trágica.

Tudo parecia ter esfriado, mas o estúdio esponsável pela cinebiografia recolocou em caráter de urgência os planos para o longa. A prova disso é a indicação de um novo diretor para tal: Benny Boom (“Cadê Minha Entrega?”). Depois do sucesso relativo de Straight Outta Companion, os cineastas querem aproveitar o momento, e Boom, conhecido por seus trabalhos com cantores como Nicki Minaj e Lil Wayne, pode ser o nome da vez.

 

O diretor e produtor Benny Boom: Novo nome para biografia de Tupac (Créditos: THR)
O diretor e produtor Benny Boom: Novo nome para biografia de Tupac
(Créditos: THR)

Conturbado como a vida o cantor, o longa metragem foi originalmente pensado para ser dirigido por  Carl Franklin (“Por um Triz”), o filme deveria ter iniciado seu processo criativo ainda em 2015, mas foi adiado e adiado.  John Singleton (“+Velozes +Furiosos”) chegou a ser cogitado para dirigir o longa, mas mal chegou a assumir o posto de fato, saindo por divergências e prometendo um filme dele sobre Tupac. Em Outubro ainda, um desacordo entre os produtores e o ex-diretor Franklin envolveu uma quantia avaliada em 10 milhões de dólares.

 

Rickk Barbosa

Rickk Barbosa

Criou o site, mas agora só se diverte com ele. Além de redator do cinetop, é podcaster do Cinema em Série.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *