Polícia Federal – A Lei é Para Todos | Filme certo na hora errada


A Operação Lava-Jato é sem dúvidas um das mais importante da história do Brasil. Nunca iríamos imaginar que políticos poderiam ser presos e condenados, além do desmonte do todo o esquema de corrupção existente no país, mas será que Polícia Federal – A Lei é Para Todos não apareceu cedo demais para contar sobre uma operação que ainda está em andamento?

Com direção de Marcelo Antunez, o filme conta a saga da maior e mais bem-sucedida operação de combate à corrupção da história do país – a Operação Lava Jato. Pelo ponto de vista do delegado Ivan (Antonio Calloni) e de sua equipe da Polícia Federal, em conjunto com a força-tarefa do Ministério Público Federal, o longa revela os esforços para desvendar o esquema de lavagem de dinheiro e pagamento de propinas a executivos de uma estatal de petróleo, empreiteiras, partidos políticos e parlamentares. O thriller mostra ainda o papel decisivo da Justiça para que a investigação não fosse destruída pelas forças políticas envolvidas.

Veja o trailer aqui

Quando começaram a sair as primeiras ações de marketing do filme, a impressão que dava é que o longa seria um completo desastre, mas não foi bem assim. A produção tem muitas qualidades, com cenas de ação são muito bem feitas. O início, contando toda a história de corrupção do Brasil é sensacional e a explicação de toda a investigação, de como chegaram a cada suspeito, não deixa dúvidas para o espectador, o que se torna um ponto positivo para o roteiro. As cenas gravadas nas verdadeiras locações dos acontecimentos da investigação também passam uma maior veracidade ao longa.

O maior problema do desenvolvimento do filme é a construção dos personagens. Tantos os policiais federais quanto as figuras políticas são mostradas de uma maneira muito caricata, a ponto de ter risadas durante a exibição do longa. Apesar de todo o tempo fazerem questão de deixar claro em alguns diálogos que a investigação é apartidária, a impressão é que o filme não condiz com o querem vender. Por mostrarem apenas parte da investigação (o longa termina após a condução coercitiva de Lula) fica claro para quem assiste que a investigação é em torno de um único partido.

Policia Federal – A Lei é para Todos tá longe de ser uma bomba, é um bom thriller policial com uma história que prende a atenção. Talvez se fosse lançado ao fim das investigações seria um filme mais coeso, pois a continuação (sim, anunciaram uma segunda parte)  talvez nem saia dependendo da repercussão do filme após a estreia.

 

 

 

Comente!