“Os 8 Odiados” – Quentin Tarantino diz que filme confronta a supremacia branca


O diretor Quentin Tarantino falou sobre o seu novo filme, “Os 8 Odiados”, durante uma entrevista a revista Vulture. Ele comentou sobre o conflito racial que existe na trama:

Quentin-Tarantino“Finalmente, a questão da supremacia branca está sendo discutida e as pessoas estão tentando resolvê-la. E é sobre isso que é o filme. […] Eu não estou tentando fazer ‘Os 8 Odiados’ contemporâneo de forma alguma. Estou apenas tentando contar minha história. Acaba se tornando um exagero quando você tenta demais fazer isso.Já estava tudo no roteiro. Já estava nas cenas que gravamos. Apenas aconteceu de ser relevante neste momento. Não estamos tentando fazer o filme ser relevante – ele é relevante. Eu acho ótimo que as pessoas estejam discutindo e lidando com o racismo institucional que existe em nosso país e tem sido ignorado. Eu sinto como se este fosse um novo momento como na década de 60, quando as próprias pessoas tiveram que expor o quanto as coisas estavam feias antes de que elas pudessem mudar. Tenho esperanças de que seja isso que esteja acontecendo agora.”

.

Veja também:

.

No filme, uma diligência é desviada de sua rota para uma tempestade de neve, deixando um grupo de oito estranhos presos em um salão no meio do nada.

O elenco é formado por Kurt Russell (“Velozes e Furiosos 7″), Jennifer Jason Leigh (‘O Operário’), Samuel L. Jackson (Vingadores: A Era de Ultron’), Tim Roth (Carl Lightman da série “Lie to Me”), Channing Tatum (“Magic Mike XXL”), Walton Goggins (“Lincoln”), Demian Bichir (“A Recompensa”), Michael Madsen (“Pregando o Amor”) e Bruce Dern (“Django Livre”).

O longa tem estréia prevista para 8 de janeiro de 2016 no Brasil.

Comente!