História do menino que se tornou Batman por um dia pode virar documentário [Atualizado]


Diretor tenta arrecadar dinheiro para levar ao mundo a história que comoveu milhões em Novembro

 

Miles, de cinco anos, luta contra um tipo de leucemia.

Miles, de cinco anos, luta contra um tipo de leucemia.

Em 2014, uma história emocionou milhões: Miles Scott, um menino de cinco anos com leucemia, fez um pedido para uma fundação que realiza desejos de crianças acometidas por doenças graves (como leucemia, câncer etc), e foi atendido.

O que ele queria? Ser Batman por um dia.

A fundação Make-a-Wish conseguiu movimentar a cidade de São Francisco, nos EUA, para transformar o sonho de Miles em reallidade: Em Novembro passado, uma parte da cidade foi transformada em “Gotham City”, e até o Presidente Barack Obama enviou uma mensagem à Miles:

“Vamos lá Miles, nós temos que salvar Gotham”, disse Obama.

 

 

No dia 15/11/2013, Miles teve seu sonho realizado. Veja abaixo no vídeo:

 

 

Uma jornalista falou sobre a programação do evento na época: “Ele vai começar o dia recebendo uma ligação urgente para salvar uma mocinha em perigo, que está amarrada no trilho de um trem. Ele vai salvar a mocinha, depois vai ter que enfrentar o Charada, que está tentando assaltar um banco. Depois, ele almoça em uma lanchonete com tudo o que criança gosta, e ai uma multidão de voluntários vai pedir para ele deter o Pinguim, porque o Pinguim estará roubando o mascote da cidade. É um sonho de qualquer menino (…) No fim do dia, o menino vai se encontrar com o prefeito e o chefe de polícia de São Francisco, que vão dar os parabéns por ele ter salvado a cidade“. No Brasil, a façanha do Batkid foi contada no Fantástico.

 

Agora, a história do pequeno Miles pode virar filme. O diretor e roteirista Dana Nachman está levantando fundos no site de doações IndieGogo para produzir um documentário contando o caso.

 

Até o fechamento desta matéria, o projeto já havia conseguido levantar 56 mil dólares para a produção.

 

[Update 1]: O crowdfunding para ajudar Miles deu certo, e o documentário ‘Batkid Begins’ foi finalizado em 2015 por Dana Nachman.

[Update 2]: A mesothelioma.net, uma fundação que auxilia pacientes de um tipo de câncer no pulmão, nos procurou este ano elogiano ter trazido a história de Miles para os brasileiros. Deixamos o link para conhecerem o trabalho, em nome de Virgil Anderson, um dos responsáveis.

 

Comente!