Filme de “Sandman” tem perda importante


Planejamento perdeu um membro forte, e todo o projeto pode sofrer diferença agora.

Foi anunciado que o ator e roteirista Joseph Gordon-Lewitt (“Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge” e “Como não Perder Essa Mulher”)  abandonou o projeto de ‘Sandman’.  O anúncio é uma verdadeira catástrofe para o desenvolvimento do longa-metragem, já que Lewitt estava envolvido em todas as partes do projeto – Produção, Roteiro e atuação.

O ator justificou sua saída pela internet. Em seu anúncio, ele informou o que popularmente é chamado de “diferenças criativas”. Lewitt não aprovou a troca de mãos do projeto entre a Warner Bros, detentora dos direitos, para a New Line Cinema, subsidiada do estúdio que aparentemente tomará as rédeas daqui por diante do selo Vertigo (marca da DC Comics para histórias mais adultas). O andamento do filme foi a principal reclamação dele.

“Recentemente, como vocês sabem (…), a “propriedade” (por falta de termo melhor) de “Sandman” mudou de mãos quando a Warner Brothers passou seu catálogo da Vertigo Comics para sua subsidiária New Line. E há poucos meses atrás fui até os colegas da New Line e simplesmente não vi o que faz Sandman especial e o que uma adaptação em filme poderia/deveria ser. Então, infelizmente, decidi sair do projeto. Eu desejo nada além do melhor para o time [que segue com o filme] adiante.

 

O ator Joseph Gordon-Lewitt. Projeto abalado. (Créditos: Nuke the Fridge)

O ator Joseph Gordon-Lewitt. Projeto abalado.
(Créditos: Nuke the Fridge)

Criado por Neil Gaiman, Sandman” é um perpétuo, assim como o Destino, Morte, Destruição, Desejo, Desespero e Delírio. A existência dos perpétuos mantém coeso o universo físico e todos os seres vivos. A primeira idéia do filme seria a de Sandman escapando de seu cativeiro após 70 anos e encontrando seus domínios destruídos. O projeto vem arrastando-se desde o final dos anos 90.

Não há data exata para o filme, mas estima-se que o filme deve sair até 2018.

Comente!