Diretor de “Power Rangers” fala sobre tom do filme


Cineasta desmente teor sombrio e garante diversão na produção

As expectativas para o filme de “Power Rangers” continuam. após vídeos de fãs e especulações internet afora, agora foi a vez do cienasta israleense Adi Shankar (produtor de “Grande Herói”) pronunciar-se sobre o filme.

A intenção é deixar de lado a imagem gerada pelo curta, que o filme teria um tom mais dramático e sombrio.

adishankar“Li o script e fiquei realmente surpreso (…) penso que ficou legal, contemporâneo, maduro mas permanecendo divertido (…) foi atualizado de uma forma interessante. Essa característica maravilhosa  é essencial para sair uma aventura fantástica” (…) Precisa ser completamente brincalhão, mas assim como em “Projeto Almanaque”, eu gostaria que fosse muito bem fundamentado e beire a realidade”

 

 

Veja também:

 

Pra quem não tem TV em casa desonhece totalmente, “Power Rangers” foi criado em 1993 como Mighty Morphin Power Rangers na TV americana, inspirado nos super sentais japoneses. Entre várias formações desde a criação, os personagens já tiveram dois filmes e diversos jogos .

“Power Rangers” entrou no que Shankar chamou de “pré-produção soft”. A previsão é que o filme esteja nos cinemas em 2017.

power-rangers

Formação original dos Power Rangers. Créditos: CCR

Comente!