“Cinquenta Tons Mais Escuros” pode contar com diretor de “House of Cards”


 

Depois de um breve hiato sem diretor, “Cinquenta Tons Mais Escuros” (“Fifty Shades Darker”),  pode ter encontrado um novo líder para a continuação de “Cinquenta Tons de Cinza”.

 

Segundo o CinemaBlend, James Foley (“A Estranha Perfeita” e da série “House of Cards”) seria o possível comandande da parte dois. Aparentemente, a Universal ainda fará o contato formalmente, mas com grandes chances de um acordo. Caso seja confirmado, Foley ocuparia a vaga deixada por Sam-Taylor Johnson (“O Garoto de Liverpool”), que deixou oficialmente a franquia em Março.

O diretor James Foley

O diretor James Foley

Veja também:

 

fifty-shades-of-grey-newest-trailerAdaptação da obra de E.L. James, “Cinquenta Tons de Cinza” chegou este ano aos cinemas com uma grande recepção, principalmente no Brasil, com meio milhão de espectadores na estréia. Com Dakota Johnson (que estará em “Black Mass”) e Jamie Dornan (Paul Spector da série “The Fall”). No filme, Anastasia Steele (Johnson) conhece o charmoso magnata Christian Grey (Dornan)  que a apresenta uma complexa relação entre ambo, envolvendo desejo, sadomasoquismo e submissão.

Cinqüenta Tons Mais Escuros deve estrear em 2017.

Comente!