Ava DuVernay declina convite para “Pantera Negra”


Diretora diz que diferenças criativas impediram-na de assumir a cadeira

 

As suspeitas eram verdadeiras, mas a confirmação não virá.

Ava DuVernay (“Selma: Um Griito pela Liverdade”) confirmou que teve conversas com a Marvel Studios para dirigir “Pantera Negra” (“Black Phanter”), mas segundo a diretora, as negociações não andaram .

Em entrevista, a cineasta contou como foram as conversas:

 

Ava DuVernay“Eu não vou dirigir ‘Pantera Negra’. Vou apenas dizer que nós tínhamos ideias diferentes sobre o que a história deveria ser. A Marvel tem um certo jeito de fazer as coisas, eu os acho fantásticos e muitas pessoas amam o que eles fazem. Eu amo o fato de eles terem me chamado. Adorei conhecer Chadwick, os roteiristas e todos os executivos da Marvel. Mas, no final, é sobre história e perspectiva. Nós não vimos olho no olho. É melhor que eu perceba isso agora do que citar diferenças criativas mais tarde. (…) Eu amo o personagem do Pantera Negra, a nação de Wakanda e tudo o que isso poderia ser visualmente. Eu desejo o melhor para eles, e serei a primeira na fila para assistir ao filme”.

 

 

Veja também:

DuVernay era sondada tanto para “Pantera Negra” quanto para “Capitã Marvel”.  A negativa da diretora agora deixa aberto quem seria a responsável pelo filme do Rei de Wakanda.

“Pantera Negra” chega às telonas em 2018, com Chadwick Boseman (“42: A História de uma Lenda”). Antes disso, o personagem deve aparecer em “Capitão América: Guerra Civil” estréia em 2016.

Comente!