Aliados – Missões, amor e confiança em uma história muito bem contada


Trama envolve ação e drama durante a Segunda Guerra Mundial. Veja o que esperar.

Novo filme de  Robert Zemeckis (“De Volta para o Futuro”, “O Voo” e ” A Travessia”), conta a história de um oficial de inteligência Max Vatan (Brad Pitt “Guerra Mundial Z”) e uma combatente da Resistência Francesa Marianne Beausejour (Marion Cotillard“Piaf: Um Hino ao Amor”), que no ano de 1942 em Casablanca, Marrocos, se unem em uma perigosa missão para eliminar um embaixador nazista.

Veja o trailer aqui

 

 

Um dos destaques do longa é o desenvolvimento da relação entre Max e Marianne, feita  de maneira sutil e progressiva, o começo dela serve como uma espécie de guia prático de um espião durante a guerra, as cenas de preparação para a missão, o envolvimento com a elite local, as conversas no telhado, tudo isso é permeado de muita dualidade.

Após completarem sua missão, ambos estão extremamente envolvidos e apaixonados, e decidem se mudar para a cidade de Max e casar. Ela dá a luz a uma menina (cena memorável) e tudo parece estar melhor do que nunca.

Eis que algo acontece, e depois de alguns anos existem suspeitas de uma conexão entre Marianne e os alemães. Relutante, Max decide investigar o passado de sua mulher.

O diretor é um ótimo contador de histórias e aqui não é diferente, o filme tem boas cenas de ação e uma bela fotografia, além de primorosos figurinos e cenografia. Temos uma performance honesta de Brad Pitt e Marion Cotillard está sublime.

O longa aborda as dificuldades de relação em tempos de guerra; ele é sobre amor, confiança. E trás a tona o questionamento: há quem somos verdadeiramente fiéis?

Vale o ingresso e a pipoca para acompanhar a trama que acima de tudo é sobre relações.

O filme também traz no elenco Lizzy Caplan (“Cloverfield”), Charlotte Hope (Miranda da série “Game of Thrones“), Jared Harris (“Lincoln”), Raffey Cassidy (“Tomorrowland”) e Matthew Goode (“Watchmen”).

 

Deixe uma resposta