“A Torre Negra” pode virar filme com cineasta de “Millenium”


Rejeitado por alguns estúdios, história de Stephen King pode ganhar, enfim, os cinemas

Stephen King, autor de vários clássicos como “Carrie, A Estranha”, “O Nevoeiro” e “O Iluminado” tenta há anos levar para o cinema o que ele mesmo considera sua obra-prima: A série de livros “A Torre Negra” (“The Dark Tower”).

Agora nas mãos da Sony Pictures, os fãs tiveram uma esperança nova sobre a obra: O diretor Nikolaj Arcel (“Millenium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres”) foi apontado como possível diretor de uma franquia baseada nos livros, que pode estender-se para a TV. Ron Howard (diretor de “Uma Mente Brilhante”) será o produtor.

O que pode deixar os entusiastas mais empolgados é que tanto Howard quanto Arcel tem históricos de trabalhos com livros. O produtor, por exemplo, esteve à frente de “O Código Da Vinci” (2006) e do a estrear “No Coração do Mar”, com Chris Hensworth.

Torre-Negra-Destaque

 

Veja também:

 

Rejeitado pela Universal, Warner Bros e HBO, a adaptação do universo tem sido especulada há tempos, mas sempre com problemas no fechamento do negócio. Até a Netflix chegou a negociar, mas nada foi confirmado. Após consumir trinta anos do escritor, a série de oito livros é um misto de universo fantástico, ficção científica e faroeste, e conta a história de roland Deschain, um homem que percorre este universo atrás da Torre Negra, uma construção mágica prestes a desaparecer.

 

Nenhuma data foi divulgada ainda, Estamos acompanhando 😉

Comente!